Vidroplano
Vidroplano

Cultura e história marcam Casas de Vidro

Postado em 18/10/2017 às 5:46

bl_casadevidro1

Para quem já conhece a ilustre Casa de Vidro, projetada pela arquiteta Lina Bo Bardi em São Paulo, entre 1949 e 1951, a mostra Casas de Vidro – História e Preservação, iniciada em 12 de outubro, tem três residências envidraçadas construídas em diferentes regiões dos Estados Unidos em períodos próximos.

bl_casadevidro3Casa de Vidro (São Paulo, SP, Brasil)

 

Como não poderia deixar de ser, a exposição vem sendo realizada na Casa de Vidro de Lina Bo Bardi pelo Instituto Bardi, com patrocínio da AGC, em parceria com o Instituto de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo (IAU-USP) e Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo. Ela apresenta imagens de arquivo dos quatro projetos, estudos e comparações entre os arquitetos, seus métodos e referências. Também traz maquetes produzidas especialmente para o evento, possibilitando um estudo aprofundado dos projetos e suas peculiaridades formais. Ao serem apresentadas lado a lado, as casas evidenciam suas semelhanças e diferenças.

bl_glasshouse1The Glass House (New Canaan, Connecticut, EUA)

 

O uso intensivo do vidro como material para a arquitetura, tendo como eixo central a comparação entre quatro emblemáticas casas de vidro modernas, está no foco da mostra: além da residência do casal Bardi no Brasil, são apresentadas a Glass House (projetada por Philip Johnson em New Canaan, Connecticut, entre 1945 e 1947), a Farnsworth House (projetada de 1945 a 1947 por Mies Van Der Rohe na cidade de Plano, Illinois) e Eames House (com projeto de Charles e Ray Eames em Los Angeles, Califórnia, entre 1948 e 1949).

bl_farnsworthhouse1Farnsworth House (Plano, Illinois, EUA)

 

Recentemente, durante um encontro dos curadores desses espaços no auditório do Museu de Arte de São Paulo Assis Chateaubriand (Masp), eles observaram que as quatro casas de vidro não só foram construídas no mesmo período, mas também tinham o mesmo objetivo: sua integração à natureza ao seu redor. Outra coincidência é que, hoje, todas são espaços culturais, recebendo exposições e apresentações artísticas. E elas próprias são arte viva, com suas estruturas e mobiliários expostos exatamente como eram como residências: isso ficou claro para quem acompanhou esse encontro, no qual também era fácil perceber a paixão que os arquitetos tinham por seus projetos, e a paixão que os curadores deles têm por essas casas atualmente.

bl_eameshouse1Eames House (Los Angeles, Califórnia, EUA)

 

Essas quatro casas são precursoras da tendência vista frequentemente neste blog, da presença cada vez mais constante de casas envidraçadas. Para conhecer mais sobre elas, vale a pena visitar a exposição, que será encerrada no dia 4 de março de 2018. Para informações sobre horários e valores de visitação, clique aqui!

Confira as fotos a seguir!

Comentários via Facebook

Comentários via Blog

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>



Newsletter

Cadastre-se aqui para receber nossas newsletters