Vidroplano
Vidroplano


‘Panorama Abravidro 2017’: consumo de vidros cai 11,8% no Brasil

16/05/2017 - 18h38

A edição 2017 do Panorama Abravidro, único estudo sobre o desempenho produtivo e econômico do setor no Brasil, já está disponível para leitura aqui — além de estar encartado na edição de maio de O Vidroplano. Infelizmente, os números não são bons: depois de importantes quedas em índices do nosso setor apontadas na edição do ano passado do estudo, a nova versão mostra que nosso setor segue sofrendo com a crise: em 2016, o consumo de vidros planos no Brasil caiu 11,8%.

Comparando os números de 2016 aos de 2014, momento em que o setor chegou ao pico do consumo, são 10 milhões de m² de vidros processados não automotivos a menos no mercado. Isso correspondendo a uma queda de faturamento de R$ 1,8 bilhão. Em consumo per capita, o desempenho do País retrocedeu seis anos, voltando ao patamar de 2010.

Em relação à participação por produto ao longo do ano passado, os vidros processados não automotivos tiveram queda de 12,9%. Ou seja, menos vidro de valor agregado foi vendido. O temperado não automotivo representa mais de 1/3 de todo o vidro consumido no Brasil.

Leia na íntegra o Panorama Abravidro 2017 

O que é o ‘Panorama Abravidro’?
Para a edição 2017 do documento, participaram 69 empresas processadoras, número que representa 37% do setor de transformação do material no País.

Como nos anos anteriores, o estudo foi elaborado pela GPM Consultoria Econômica. Os renomados economistas Sérgio Goldbaum e Euclides Pedroz Júnior reuniram as informações e as compararam com a Pesquisa industrial anual (PIA), do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Os números de importação e exportação do Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC) e também declarações das usinas de base à revista O Vidroplano serviram de base para a elaboração do documento.

Vale ressaltar: os economistas envolvidas firmaram compromisso de confidencialidade registrado em cartório, garantindo que as respostas dos participantes não serão, sob hipótese alguma, divulgadas de forma individual.



Newsletter

Cadastre-se aqui para receber nossas newsletters