Especialização técnica

O programa de Especialização Técnica Abravidro tem o objetivo de formar e aperfeiçoar mão de obra nas indústrias processadoras de vidro.

Aulas teóricas e práticas, aplicadas dentro da própria empresa contratante para os gestores e suas equipes

Capacitação técnica da equipe, ensinando novos procedimentos no chão de fábrica

– O professor responsável pelo curso é Cláudio Lúcio da Silva, instrutor-técnico da Abravidro, considerado um dos maiores especialistas do Brasil na área de transformação de vidros

Material didático exclusivo, produzido pela Abravidro, reunindo referências conceituadas nacionais e estrangeiras sobre vidro

Por que fazer o curso?
Entre as vantagens oferecidas pela Especialização Técnica Abravidro, pode-se destacar:

– Melhoria de qualidade dos produtos;

– Otimização dos processos produtivos;

– Maximização de horas trabalhadas;

– Aproveitamento dos insumos e redução de perdas, tais como matéria-prima, ferramental e energia.

Módulos do curso

O treinamento é composto por quatro módulos independentes: Corte, Lapidação, Serigrafia e Têmpera. Para mais informações, no menu abaixo, clique no módulo de seu interesse.

Informações gerais

Número de alunos por módulo: máximo de 12

Duração: cada módulo tem oito horas de duração, divididas entre as aulas teóricas e práticas (depois das aulas, o aluno pode solucionar dúvidas enviando e-mails ao instrutor)

Local das aulas: dentro da própria empresa

Estrutura necessária: espaço para as aulas teóricas, equipamentos de produção disponíveis, matéria-prima e ferramentas básicas adequadas a cada módulo, e EPIs para os alunos

Material didático: fornecido inteiramente pela Abravidro. Inclui:

– literatura técnica

– eslaides (com vídeos, fotos e figuras que facilitam a compreensão da teoria)

– tabelas de consulta rápida para o chão de fábrica

– modelos de formulários de controle para a produção

– avaliações dos alunos antes e depois do curso

Certificado de participação: ao final do curso, cada aluno recebe o seu.

Agregando valor à marca: caso a empresa tenha contratado três ou quatro módulos, ela também recebe uma placa atestando a especialização de sua equipe.

- O bom vidreiro

– O corte do vidro

– Objetivo do corte técnico do vidro

– Criação de entalhe superficial

– Formação da área de deformação

– Formação do cone de Hertz

– Aplicação de tensões/destaque

– Formação de dente de tubarão

– Influência das propriedades do vidro

– Influência da espessura do vidro

– Propagação direcionada da trinca

– Parâmetros de processo

– Velocidade x pressão de corte

– Óleo de corte

– Erros comuns no processo de corte

– Critérios de qualidade

– Destaque de vidro

– Segurança

– Rotina para resolução de problemas

– Acessórios

– Definições

 

- O bom vidreiro

– A lapidação técnica do vidro

– Objetivos da lapidação técnica do vidro

– Efeitos do corte na lapidação

– Como é feita a lapidação?

– O que influencia na lapidação

– Rebolo abrasivo

– Superabrasivos

– Rebolo diamantado

– Refrigeração

– Granulometria

– Granulometria x remoção

– Concentração

– Parâmetros técnicos da lapidação

– Características operacionais do rebolo diamantado

– Tipos de rebolo

– Tipo de liga metálica

– Especificações de rebolo

– Retífica de rebolo diamantado

– Montagem do rebolo

– Regulagens da máquina

– Qualidade da lapidação

– A operação de lapidação

– Limpeza do vidro

– A importância do controle de ferramentas

– Segurança

– Rotina para resolução de problemas

– Definições

 

- O bom vidreiro

– A serigrafia técnica do vidro

– Objetivo da serigrafia técnica do vidro

– O processo de serigrafia em vidro: tipos de pinturas para vidro

– Elementos da serigrafia silk-screen

– A física no processo de impressão do vidro

– Parâmetros de processo

– Montagem da mesa

– Qualidade da serigrafia

– Segurança

– Rotina para resolução de problemas

– Definições

 

- O bom vidreiro

– A têmpera técnica do vidro

– Objetivos da têmpera técnica do vidro

– Características físicas

– O vidro

– Têmpera do vidro

– A física do processo de têmpera

– Presença de descontinuidades no vidro temperado

– Condução do forno

– Qualidade da têmpera

– Relação entre o número de fragmentos x tensão

– Defeitos – processo de têmpera

– Manuseio e embalagem

– Condição da máquina

– Segurança

– Rotina para resolução de problemas

– Definições

Adquira os módulos de Especialização!

Se você é associado, entre em contato com Rosana Silva.
rsilva@abraviro.org.br | Tel.: +55 (11) 3873-9908

Caso ainda não seja associado, veja as vantagens oferecidas pela Abravidro clicando aqui.



Newsletter

Cadastre-se aqui para receber nossas newsletters