Vidroplano
Vidroplano

Capela em Minas Gerais é concebida com paredes de vidro

Postado em 14/05/2020 às 12:29

capela3

Juiz de Fora tem grande relevância para a história do Brasil. Além de se destacar pela cultura do café no século 19, a cidade mineira também abriga um tesouro arquitetônico, o museu mais antigo do País, o Mariano Procópio.

Agora, a arquitetura da cidade foi enriquecida mais ainda: ganhou uma capela jesuíta em formato octogonal com paredes de vidro com vista de tirar o fôlego para as montanhas. Idealizada pelo arquiteto Eduardo Zarza ela tem o nome de Recanto Manresa.

Assim como em outros projetos que buscam a integração da construção com a natureza, o vidro foi escolhido como o material predominante e utilizado em cinco das oito paredes — as três paredes restantes são de terra batida. Para melhorar a ventilação do espaço e permitir a entrada de um número maior de pessoas, as janelas de vidro que formam as paredes vão do chão ao teto e se abrem totalmente.

Além da integração com a natureza, mais especificamente, com as montanhas mineiras, o vidro também favorece a entrada de luz natural. À noite, a iluminação modular artificial se destaca.

Com 80 m², o projeto cumpre seus três objetivos: integrar, iluminar e ventilar.

Se você está se perguntando o motivo de ela ser octogonal, a resposta é interessante: na religião católica, esse formato representa ressurreição e o recomeço.

Confira abaixo algumas fotos do projeto:

Confira as fotos a seguir!

Marcadores: Arquitetura

Comentários via Facebook

Comentários via Blog

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>



Newsletter

Cadastre-se aqui para receber nossas newsletters