Segurança para o cliente, vantagens para o vidraceiro - ABRAVIDRO
Vidroplano
Vidroplano

Segurança para o cliente, vantagens para o vidraceiro

18/11/2016 - 15h10

O principal ensinamento do programa De Olho no Boxe, desenvolvido pela Abravidro, é revelar ao vidraceiro e ao usuário a importância de se fazer a manutenção dos boxes de banheiro (se você ainda não conhece, não perca tempo! Acesse: www.deolhonoboxe.com.br). Mas não é somente esse produto que precisa ter suas peças checadas de tempos em tempos: isso vale para qualquer estrutura com nosso material, como envidraçamento de sacada, portas e guarda-corpos, entre outras. A equipe de O Vidroplano conversou com especialistas visando a entender melhor esse serviço e apontamos formas para você oferecer a manutenção aos seus clientes.

Afinal, a manutenção é importante mesmo?
Com certeza! Para o engenheiro e consultor Wagner Gerone, o vidro é um material que não possui prazo de validade, porém precisa de cuidados básicos de limpeza para durar ainda mais. “O que realmente necessita de manutenção é o conjunto do sistema e as peças que compõem estruturas envidraçadas”, afirma. E a lista é enorme:

  • Ferragens em geral;
  • Vedações;
  • Roldanas;
  • Buchas;
  • Pinos de giro;
  • Fechaduras;
  • Molas hidráulicas;
  • Trilhos;
  • Guias de portas;
  • A própria alvenaria.

“Com o tempo, há ainda a movimentação natural da edificação, podendo provocar trincas e, às vezes, até rompimento do material”, analisa Gerone. Ou seja: a manutenção é essencial para a segurança das pessoas que estão em contato com as estruturas.

parasuavidraçaria cópiaNão deixe para depois: é como a manutenção do carro
“Podemos comparar o envidraçamento a um automóvel”, alerta Rodrigo Belarmino, diretor do Grupo Solid Systems, especializado em envidraçamento de sacadas: “Independente da marca ou modelo, a cada quilometragem alcançada necessita-se de revisões para manter o conforto e segurança”. Thamires Gramagol Silva, gerente de Orçamentos e Projetos da S.O.S Sacadas, lembra que “o que era simples, acaba sendo deixado para depois e se torna um ‘problemão’ do ponto de vista técnico”.

Manutenção não faz milagre: instale seguindo as normas!
Nem mesmo a melhor manutenção consegue recuperar trabalhos malfeitos. Lembre-se, vidraceiro: trabalhe seguindo as normas técnicas de cada aplicação de vidro. Além de garantir a segurança do cliente, isso irá tornar o serviço muito mais simples. “Quase todos os dias nos deparamos com vidros soltos oferecendo risco de queda, equipamentos travados sem a menor condição de uso”, revela Daniel Gustavo, diretor da Apoio Manutenções, empresa que faz manutenção de sacadas de todas as marcas do mercado. “Já presenciamos casos de pessoas que se feriram gravemente.” Culpa do vidro? Não, culpa da instalação que não está de acordo com as normas.

manutençãoQual o melhor tipo de manutenção?
Aquele realizado numa instalação feita por você mesmo. “É muito mais fácil, já que se conhecem o material e o método de montagem”, relembra Thamires, da S.O.S Sacadas. Muitas empresas optam por não prestar esse tipo de serviço, deixando a clientela sem nenhum atendimento pós-venda. “Isso acontece, pois é muito difícil estimar o tempo que será necessário para realizar o reparo”, explica Rodrigo Belarmino, da Solid Systems. Imagine que situação desagradável: o consumidor entra em contato com a vidraçaria, mas recebe a notícia de que a empresa não trabalha com manutenção. O mercado para essa tarefa existe e deve ser explorado por você, vidraceiro.
O vidraceiro PODE fazer manutenção em praticamente todas as instalações de vidro de pequeno porte.

De acordo com as empresas consultadas para a reportagem, as manutenções mais realizadas são em:

  • Envidraçamento de sacada;
  • Portas;
  • Guarda-corpo externo;
  • Boxes;
  • Janela de instalação externa.

O vidraceiro NÃO PODE fazer manutenção em estruturas que exigem conhecimentos técnicos específicos, como grandes edificações de pele de vidro — a não ser, claro, que tenha a habilidade e experiência para tal.
A vidraçaria que faz manutenções tem:

  • Mais vendas: o maior contato com o cliente abre chances para novas vendas;
  • Mais serviços: executada com estrutura de trabalho enxuta e de menor custo, a manutenção amplia os serviços oferecidos ao consumidor;
  • Mais valor agregado: esse tipo de serviço reforça a imagem de credibilidade e profissionalismo de sua empresa.

Como mostrar ao cliente os benefícios da manutenção?
Quem conhece pouco sobre nosso material jamais vai imaginar que ele também precisa de cuidados após a instalação. “Enviamos regularmente e-mail para os clientes sinalizando os riscos da falta de manutenção”, comenta Thamires, da S.O.S Sacadas. “Porém, as pessoas só buscam o serviço quando realmente não tem mais jeito”. Por isso, é papel do próprio vidraceiro explicar para o consumidor a importância da manutenção preventiva.

  • Ofereça a manutenção já no momento da compra. Você pode entregar um manual de uso ao cliente, informando a periodicidade do serviço;
  • Mostre que o produto comprado por ele é composto por componentes que se desgastam, sendo preciso substituí-los ou regulá-los;
  • Reforce a questão da segurança: o vidro pode sofrer desgaste ou se quebrar se algum item (como roldana, batedores etc.) não estiver em boas condições. Seja enfático para esclarecer que os riscos desaparecem com a manutenção em dia;
  • Bolso cheio: explore o lado financeiro afirmando que, sem manutenção, o cliente poderá ter grandes prejuízos. Afinal, é melhor pagar por um serviço simples do que por uma instalação nova devido a algum problema, não é mesmo?
  • Tenha depoimentos de clientes que tiveram problemas por falta de manutenção. Além disso, tenha imagens e vídeos de estruturas envidraçadas que não tiveram os devidos cuidados.

 

Hands typingComo se preparar para oferecer esse serviço?
“O maior problema para qualquer setor do mercado vidreiro é a mão de obra qualificada”, afirma Carlos Eloy Campos, proprietário da Helping Vidros. Conhecimento técnico é a base para o vidraceiro de sucesso. Já pensou em inscrever sua equipe em treinamentos oferecidos por entidades vidreiras ou instituições voltadas para a profissionalização, como o Sebrae? Assim, os serviços oferecidos aos consumidores serão feitos com maior qualidade. Confira outras dicas:

  • Esteja à disposição – Faça sempre contato com clientes antigos para oferecer a manutenção. Isso vai criar uma relação de confiança, permitindo que novas instalações com vidro sejam feitas na casa dele.
  • Faça uma pesquisa de mercado – O setor possui concorrência direta entre pessoas jurídicas (vidraçarias) e pessoas físicas (vidraceiro). Por isso, saiba quantos profissionais do tipo existem em seu bairro e se eles oferecem o serviço de manutenção. Sua clientela pode ser maior do que você imagina;
  • Tenha um controle dos seus trabalhos – Mantenha informações atualizadas sobre os clientes para saber quando uma manutenção em seus produtos será necessária. E não tenha receio de entrar em contato com eles, oferecendo o serviço;
  • Peças sempre à mão – Não se esqueça de fazer investimentos em estoque, principalmente em peças de reposição.

 

Trabalha com instalações de boxe?
O programa De Olho no Boxe, criado pela Abravidro, traz todas as informações necessárias para o vidraceiro oferecer a manutenção preventiva aos seus clientes — as orientações são baseadas na NBR 14207 — Boxes de banheiro fabricados com vidros de segurança, norma técnica que determina a manutenção nesse tipo de produto. No site do projeto, você encontra diversos materiais que irão ajudá-lo a realizar a tarefa:

  • Planilha para controle da manutenção (deve ser feita a cada doze meses);
  • Área gratuita para cadastro da vidraçaria. Com isso, suas informações serão divulgadas a potenciais clientes;
  • Vídeo e folder com instruções para a manutenção;
  • Manual de uso do boxe para ser entregue aos clientes;
  • Cartaz para a divulgação do serviço em sua loja.

Há ainda uma área exclusiva para os clientes, com informações essenciais para o uso do boxe. Acesse agora: www.deolhonoboxe.com.br

 

Fale com eles!
Apoio Manutenções — www.manutencaosacadas.com.br
Helping Vidros — www.helpingvidros.com.br
Solid Systems — www.solidsacadas.com.br
S.O.S Sacadas — www.sossacadas.com.br
Wagner Gerone — (11) 99481-1016

Este texto foi originalmente publicado na edição 527 (novembro de 2016) da revista O Vidroplano. Leia a versão digital da revista clicando aqui



Newsletter

Cadastre-se aqui para receber nossas newsletters