Vidroplano
Vidroplano


Fatos para os quais os vidraceiros não podem fechar os olhos

23/01/2019 - 11h54

O filme Bird Box, lançado recentemente pela Netflix – empresa global de filmes e séries de televisão via streaming – conta a história de Malorie Hayes, interpretada pela atriz Sandra Bulock.

Diante de uma epidemia sobrenatural que afeta as pessoas pela visão, ela precisa, acompanhada de duas crianças, atravessar uma floresta e um rio de corredeira com os olhos vedados.

Movimentando a crítica nos últimos dias, o lançamento foi bastante discutido nas redes sociais. Por isso, como curiosidade, resolvemos elaborar uma lista com cinco fatos para os quais os vidraceiros simplesmente não podem fechar os olhos. Afinal, elas são essenciais para o sucesso de qualquer trabalho. Vamos a ela:

1 – Manuseio correto dos vidros
A quebra de um vidro ou espelho antes de sua instalação representa uma bela dor de cabeça para o vidraceiro. Por isso, desde a movimentação do vidro dentro da vidraçaria e no local de instalação até o seu transporte, tudo deve ser feito de maneira adequada.

Até porque, caso ocorra algum dano, será necessário repor a peça perdida, esperar sua entrega e levá-la novamente ao local da obra — e o seu cliente pode se aborrecer muito com isso, além de que pessoas podem se ferir em consequência dos erros no transporte do nosso material.

Por isso, aqui vão algumas dicas:

– Antes do manuseio, coloque equipamentos de segurança individual, os EPIs (leia mais no item 3);
– Transporte os vidros na vertical (nunca deitado);
– Veja se a carroceria está limpa, sem materiais pontiagudos;
– Não “misture” os vidros: disponha as peças de um mesmo tipo juntas e faça a fixação delas de acordo com o que o material permite;
– Utilize materiais de proteção como plástico bolha ou espuma entre uma peça e outra, bem como em suas pontas;
– Em caso de chuva ou outras condições desfavoráveis, cubra as peças com uma lona (vale a pena usá-la sempre que possível).

2 – Detalhes do projeto
Imagine chegar ao local da obra com os vidros e ali descobrir que os painéis não cabem nos vãos e que as ferragens não são adequadas para o nível dos espaços? Isso gerará retrabalho e prejuízo na certa.

Por isso, é necessário que tudo seja feito com muita atenção e de acordo com a necessidade do cliente, incluindo a especificação do vidro, ferragens e acessórios a serem utilizados. Para isso, não deixe de:

– Checar o prumo, nível e ângulos do vão;
– Verificar o lado correto para a abertura da folha de vidro (no caso da instalação de portas);
– Confirmar os limites de peso e carga necessários para a especificação das ferragens, perfis e componentes;
– Fazer anotações para garantir que o que foi medido seja igual ao que está sendo escrito.

3 – Uso dos EPIs
Eles são essenciais para que o profissional corra menos risco de se machucar durante o trabalho. Entre os equipamentos estão:

– Capacete;
– Óculos de proteção;
– Protetor auricular;
– Luvas anticorte;
– Mangotes anticorte;
– Botas;
– Avental.

4 – Características de cada vidro
Há vários tipos de vidro, cada um com características específicas e, por norma, alguns são obrigados em determinadas instalações. Por isso, é necessário atentar-se às diferenças de cada um.

Para conhecer mais sobre o assunto, baixe nossa cartilha “Aplicação do vidro na construção civil”, que faz parte da campanha #TamoJuntoVidraceiro: http://bit.ly/aplicação-do-vidro

5- Normas técnicas
O Artigo 39 do Código de Defesa do Consumidor deixa claro que os fornecedores são proibidos de colocar no mercado qualquer produto ou serviço em desacordo com os textos da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT).

Quando o assunto é instalação de vidros, as normas técnicas são essenciais. Você deve sempre estar atento a elas. A tabela”Que vidro usar?” do programa #TamoJuntoVidraceiro, permite que, com uma consulta rápida e didática, você veja os vidros com uso permitido por norma nos diferentes tipos de aplicação.

Quer saber que vidro pode ser usado em fachadas? Portas? Coberturas? Está tudo explicado nesta tabela: http://bit.ly/que-vidro-usar

Voltar

Itens relacionados ................................................................................................



Newsletter

Cadastre-se aqui para receber nossas newsletters