Vidroplano
Vidroplano


Dia da Habitação: contribuições que o vidro pode trazer para residências sociais

22/08/2018 - 12h34

Esta semana, no dia 21 de agosto, comemorou-se o Dia Nacional da Habitação. A data deveria ter como finalidade celebrar um dos direitos mais importantes do cidadão, o direito à moradia. Porém, infelizmente, milhares de pessoas não têm onde morar e tantas outras vivem em espaços precários.

Para minimizar esse problema, iniciativas públicas e privadas desenvolvem programas de habitação social, isto é, para moradas com valor mais acessível. Ainda é comum que essas edificações sejam malplanejadas, sem preocupação estética e nem com o fornecimento de condições mínimas para serem habitadas, como banheiros, água encanada e eletricidade. Mas também há muitas ações feitas com as melhores práticas no planejamento de habitações sociais.

Nesse sentido, o vidro vem oferecer contribuições expressivas para essas obras. Veja alguns desses benefícios:

Luz e integração
Heliopolis
Já falamos várias vezes como o vidro permite a integração do ambiente com o espaço externo e o aproveitamento da luz natural. O Conjunto Habitacional Heliópolis, em São Paulo, é um exemplo da incorporação dessas qualidades em uma habitação social: ele traz grandes áreas envidraçadas em sua fachada, no hall e no elevador panorâmico. Com isso, reduz-se a sensação de clausura e otimiza-se a entrada da luz do Sol durante o dia, contribuindo para a redução no consumo de energia pelos moradores.

Modesto, mas chamativo
Heliopolis2
O fato de um edifício ser planejado para residência social não significa que sua arquitetura possa ser feita de forma desleixada. Quando isso acontece, os moradores podem se tornar estigmatizados ou marginalizados no bairro. O uso do vidro, mais uma vez, contribui para resolver esse problema: usado amplamente nas fachadas, ele confere às obras uma estética mais clean e moderna — nesse sentido, vale observar que peças de controle solar, além de trazer conforto térmico ao ambiente, também agregam beleza com suas opções diferenciadas de cores.

Energia e sustentabilidade
Solar panel installation
A Portaria nº 643/2017, publicada em novembro do ano passado, passou a incluir a energia solar fotovoltaica nas habitações do programa Minha casa, minha vida. Segundo estudo conduzido pela Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), em parceria com a Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (Absolar), essa iniciativa permitirá reduzir, em até 70%, os gastos com energia elétrica pelos beneficiados do programa, aliviando seus orçamentos para melhorar sua qualidade de vida, além de ser uma fonte energética limpa. E a implementação dessa energia, é claro, envolverá a instalação de painéis fotovoltaicos nas obras, os quais trazem vidro em suas faces externas para proteger as células das intempéries climáticas e permitir a passagem de luz do Sol para dentro delas.

Essas são algumas das qualidades que o vidro pode trazer a essas habitações, permitindo que seus moradores tenham mais qualidade e dignidade em seus lares. Para os especificadores de projetos nessa área, fica a dica!



Newsletter

Cadastre-se aqui para receber nossas newsletters