Gestão de equipe: quatro palavras fundamentais para um bom líder - ABRAVIDRO
Vidroplano
Vidroplano


Gestão de equipe: quatro palavras fundamentais para um bom líder

19/07/2018 - 11h44

Por muito tempo, a figura do gestor era vista como aquele que dá ordens e é obedecido por seus subordinados. Embora essa visão ainda seja comum em muitas organizações, é cada vez maior a mudança de paradigma na gestão de equipes. Hoje, um bom líder é aquele capaz de garantir flexibilidade frente aos novos rumos e, principalmente, motivar todos os elos da equipe.

E você, está atento à gestão de sua equipe? A Abravidro tem, para seus associados, um curso online gratuito sobre o assunto. E ele pode ser contratado pelo e-mail cursos@abravidro.org.br.

Para dar uma pequena mostra sobre o conteúdo do treinamento, apresentamos a seguir algumas palavras-chave essenciais para um bom líder de equipe:

Empatia
É a capacidade de colocar-se no lugar do outro, entender como as pessoas se sentem e compreender seus pontos de vista. Falar de empatia no ambiente de trabalho pode parecer bobagem, mas ela é fundamental para incentivar o engajamento da equipe no trabalho em busca dos resultados esperados — muitas vezes, até mais do que o próprio salário que os funcionários recebem.

Motivação
Motivar significa mover-se em direção a algo — ou melhor, na direção do seu objetivo. Há várias maneiras para conseguir motivação, como por meio de um bom ambiente de trabalho e uma comunicação clara e horizontal entre todos da equipe. A melhor forma para incentivar um trabalhador talvez seja dar espaço para que ele possa expressar suas opiniões e demonstrar que seu trabalho é reconhecido por seus colegas e pelo gestor.

Automotivação
Para conseguir inspirar motivação em outra pessoa, primeiro é preciso que o próprio gestor se sinta motivado a atingir os objetivos da empresa. Motivação e automotivação andam lado a lado e uma alimenta a outra — ou seja, assim como o gestor motiva sua equipe, ele pode (e deve) encontrar nela sua própria motivação.

Sinergia
Se empatia é saber colocar-se no lugar do outro, a sinergia é a ação conjunta com o outro, somando forças. A força, claro, não precisa ser necessariamente física, mas sim o trabalho de todos em sintonia. Para isso, é fundamental que a equipe não sinta que precisa concordar com tudo que seu gestor faz e que haja espaço dentro do grupo para opiniões divergentes: muitas vezes, é ouvindo-as que percebemos erros nos processos da empresa ou formas de renová-los e torná-los mais eficientes.

 

Gostou dessas dicas? O curso online de Gestão de Equipes da Abravidro ensina muito mais para ajudar a guiar seus funcionários rumo a um trabalho produtivo e motivador. Clique aqui e conheça esse e todos os outros treinamentos disponíveis!



Newsletter

Cadastre-se aqui para receber nossas newsletters